Curral de Cima realiza terceira etapa da campanha de vacinação contra Influenza

A Prefeitura de Curral de Cima já iniciou à terceira etapa de vacinação contra Influenza (H1N1), que tem objetivo imunizar crianças com idade de seis meses a menores de seis anos, pessoas com deficiência, gestantes, puérperas até 45 dias e professores.

Nesta terceira etapa, a imunização começou pelas crianças, que estão recebendo a vacina nas Unidades de Saúde, a partir de agendamento prévio. A secretária municipal de Saúde, Renata Ribeiro, explicou que a equipe pega a relação das crianças de cada área com os agentes de saúde e faz o agendamento de acordo com o horário e este mesmo profissional se responsabiliza por informar a mãe o dia e hora da vacinação. “Decidimos adotar essa medida de agendamento para evitar aglomerações e, assim, manter o trabalho que já vem sendo realizado no combate à Covid-19”, explicou

Ela lembrou que pessoas com deficiência, gestantes, puérperas até 45 dias e professores serão vacinadas também nas unidades de saúde, mas em um segundo momento dessa terceira etapa. “Com as ações de combate ao coronavírus, não podemos disponibilizar a vacina ao mesmo tempo para todas as pessoas que integram o público-alvo, então estamos imunizando por etapas. Mas todos receberão a dose da vacina”, assegurou.

Renata Ribeiro disse ainda que tudo foi preparado com o intuito de superar a meta mais uma vez, pensando sempre em estratégias que alcancem a população, sem esquecer de manter as orientações de medidas adotadas para o combate da Covid-19.

Números já alcançados – Nas duas primeiras etapas o município imunizou 744 foram idosos, que receberam a dose da vacina em suas respectivas residência e 90 profissionais de saúde. Todos esses números colocam a cidade de Curral de Cima acima da média preestabelecida pelo Ministério da Saúde na Campanha Nacional de Vacinação Contra Influenza 2020.

Renata Ribeiro destacou que o empenho da equipe segue forte para que os números sejam superados. “Anualmente montamos um plano de ação com o intuito de alcançar o maior número possível do público-alvo para campanha e sempre superamos a meta. Estudamos as possibilidades para evitar aglomerações sem deixar de imunizar a população; para preservar a vida dos nossos idosos, nossas equipes foram imunizá-los em casa. Então, é a entrega, o envolvimento e o comprometimento de cada profissional que faz com que alcancemos marcas altas diante das metas estabelecidas pelo Ministério da Saúde”, afirmou.

COMPARTILHAR